Publicado em 1 comentário

Hidratação para ser campeão

No verão o clima quente afeta diretamente a temperatura corporal, provocando o processo de regulação térmica através da transpiração.

Devemos todos ficar atentos à reposição de líquidos e observar
suas perdas, caso não seja feita de forma adequada, pode ocasionar a  desidratação, impactando negativamente no desempenho do atleta.

Assim, um estudo feito por Leão et al(2012) avaliou a perda hídrica em 23 atletas masculinos de alto nível de Rugby em um treinamento de 90 minutos em intensidade alta, relatando perda de hídrica em média de 0,6% do peso corporal, ocorrendo relatos de sede, perda de apetite e cansaço.

À vista disso, a Sociedade Brasileira de Medicina de Esporte recomenda que deve-se ingerir de 500 a 2000 ml/hora. Atividades com duração superior a uma hora recomenda-se a reposição de carboidrato na quantidade de 30 a 60g/hora.

A ingestão regular de fluídos é uma medida importante na prevenção da desidratação e manutenção do bem estar físico e mental, não somente em atletas como em todas as pessoas e o consumo de líquidos independente ou não da presença de carboidrato (isotônico), pode melhorar o desempenho na primeira hora de exercício de alta intensidade.

Um comentário sobre “Hidratação para ser campeão

  1. Show!!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *